emagrecer


27 juin 2013

Chás

Chás - tire suas dúvidas. Chás - tire suas dúvidas Chás para emagrecer, chás para acalmar os nervos, chás para dores de barriga, cabeça, chás para gripe, chás para aquecer do frio, etc. Quem nunca lhe ofereceu um chazinho nestas situações? São muitos tipos diferentes para cada um dos diversos "usos". O chá é uma bebida de origem chinesa, que nada mais é do que um infuso proveniente da imersão de folhas, ervas ou flores de algumas plantas, em água fervente, para extrair-lhes as substâncias aromáticas. Os chás recebem denominação variada em função do processo de produção e da graduação de suas folhas. Atualmente é grande o número de pessoas que perguntam se o chá realmente emagrece. O sujeito principal desta hipótese é o chá verde. Realmente existem muitos pesquisadores, que estudam sobre os efeitos deste tipo de chá. O chá verde é proveniente da planta camellia sinensis, e é preparado a partir de folhas frescas. Este tipo de chá pode ter benefícios como: diminuir riscos de doenças cardiovasculares, diminuição nas taxas de colesterol, prevenção da redução da densidade óssea, ativação do sistema imunológico e outros benefícios. Isso tudo devido às propriedades antioxidantes presentes. Em 2005, foi realizado um estudo no Rio de Janeiro, com japoneses sobre o consumo de camellia sinensis em população de origem oriental e incidência de doenças crônicas, onde verificou-se que pessoas consumidoras deste chá revelaram ter menor ocorrência de doenças crônicas. Assim como este, muitos outros estudos estão sendo realizados. Mas é importante saber que estes benefícios estão em pesquisa, não podemos provar nada cientificamente por enquanto. Com relação à eliminação de peso, estudos nos mostram que os polifenóis, presentes no chá verde, fazem com que haja um aumento no gasto energético e oxidação de gordura.

Posté par emagrecer à 22:22 - Commentaires [0] - Permalien [#]

Emagrecer

DICAS PARA UM EMAGRECIMENTO SAUDÁVEL. Comer, comer, comer! Para quem quer emagrecer, a comida não sai da cabeça 24 horas por dia. O que era um ato espontâneo, passa a ser pré-determinado. Explica-se: emagrecer requer horários para as refeições, não poderá mais ir correndo para a geladeira a qualquer momento só para satisfazer uma mera vontade. Alimentar-se é fonte de prazer, mas, primeiramente, fonte de energia e nutrientes para o organismo. Convenhamos, quando se fala em dieta ou disciplina alimentar quem é que não torce o nariz? Quem é que não acha que vai cair de pára-quedas em um campo de concentração, onde irá tocar a sirene da alimentação sem gosto? Esqueça tudo isso! Alimentação sem sabor e altamente restrita significa caminho oposto do emagrecimento saudável. Isso mesmo. Antes de dar pulos de alegria é bom saber e ter certeza do que pretende para você. Emagrecer por estética só para entrar naquele vestido que insiste em ficar justo ou para entrar na calça de um ano atrás que tinha caimento perfeito faz com que loucuras sejam cometidas. Tenta-se de tudo. Dias e dias ingerindo somente saladas. É a dieta verde! Dias e dias bebendo só sucos. É a dieta da vitamina! Dias seguidos engolindo a mesma sopa. Que dieta é essa? Atitudes emergenciais trarão sucesso? Depende do que se entende por sucesso. Se ele significa ir àquela festa com o tão sonhado vestido, parabéns! Um conselho? Prepare-se para o que virá. Não se desespere se, na semana seguinte, encontrar dificuldades em entrar na mesma peça de roupa. Agora, se pretende mudar a alimentação para ter um corpo mais saudável, mais disposto e mais bonito, a conversa é outra. Não há fórmulas mágicas. Se quer uma receita para te ajudar a emagrecer, sem segredos, atividade física! Será bom estar mais disposto e, de quebra, queimar calorias e melhorar o condicionamento físico. Emagrecer lentamente é desestimulante, já que não vê os resultados rapidamente? E o que dizer das várias tentativas frustradas? Como se sente quando se recorda de tantos sacrifícios? Então, siga as 10 dicas para emagrecer de forma saudável. E, é claro, duradouro. 1. Não tenha pressa. Se está acima do peso, pergunte-se há quanto tempo carrega esse excesso. Então, para que eliminar peso do dia para a noite?

Posté par emagrecer à 22:21 - Commentaires [0] - Permalien [#]

Ervas

ervas Finas Horticultura produz uma quantidade surpreendente de ervas aromáticas. A Ervas Finas Horticultura produz uma quantidade surpreendente de ervas aromáticas, flores comestíveis, minilegumes e folhagens especiais. Há 19 anos fornecendo produtos frescos para a Alta Gastronomia! Açafrão da Terra (Curcuma longa L.) - Rizoma Açafrão Oriental (Crocus sativus L.) - Estigma Alcarávia/Kímel (Carum carvi L.) - Fruto Alecrim da Serra (Dichiptera aromatica L.) - Folha Alecrim Extra (Rosmarinus officinalis L.) - Folha Alho (Allium sativum L.) - Bulbo Anis Estrelado (Illicium verum Hoocker) - Fruto Baunilha (Vanilla planifolia L.) - Fruto Canela (Cinnamomum zeylanicum Ness) - Casca Cravo Indiano (Caryophyllus aromaticus) - Flor Damiana (Turnera diffusa W. Ex Schult) - Folha Endro (Anethum graveolens L.) - Fruto Erva Doce (Pimpinella anisum L.) - Fruto Estragão (Artemisia dracunculus L.) - Folha Feno Grego (Trigonella foenum-graecum L.) - Semente Funcho (Foeniculum vulgare Miller) - Fruto Gengibre mini (Zingiber officinale) - Rizoma Hortelã (Mentha piperita L.) - Folha Linhaça (Linum usitatissimum L.) - Semente Macis (Myristica fragans Houtt.) - Casca da Semente Manjericão (Ocimum basilicum L.) - Folha Manjerona (Origanum majorana L.) - Folha Nóz Moscada (Myristica fragrans Hputtuyn) - Amêndoa Orégano (Origanum vulgare L.) - Folha Papoula Rubra (Papaver rhoeas L.) - Semente Sálvia Off. (Salvia officinalis L.) - Folha Sassafrás (Ocotea pretiosa Mez) - Lenho Tomilho (Thymus vulgaris L.) - Folha Zimbro (Juniperus communis L.) - Fruto

Posté par emagrecer à 22:21 - Commentaires [0] - Permalien [#]

Emagrecedor

A dieta do suco emagrecedor. A dieta do suco emagrecedor "Sequei 31 kg com o meu suco milagroso! Ele é rico em fibras, queima gordura e dá saciedade!", conta Lígia Monique Ramos "Eu comia sem parar. Minha mãe vendia bolos e salgados. Por isso, minha casa vivia cheia de quitutes. Eu almoçava duas vezes todos os dias! Meus familiares logo perceberam que eu seria uma adolescente obesa. Fui a nutricionistas, mas não seguia as recomendações. Odiava qualquer dieta. Em 2005, com 14 anos, pesava 88 kg e usava manequim 52. Me vestia como uma senhora, pois não encontrava roupas para a minha idade. Mas esse não era o meu único problema. Eu já estava com hipertensão. Ainda assim, não enxergava a dimensão do meu sobrepeso. Minha ficha começou a cair quando vi fotos e vídeos da minha festa de debutante. Eu estava enorme! Para piorar, pouco depois iniciei um curso técnico e tive que encarar as piadinhas de mau gosto dos garotos da sala. Tudo isso mexeu comigo. Nessa época, conheci um rapaz. Era o único que me tratava com gentileza. Apaixonada, queria que ele me achasse bonita e feminina. Aí, decidi emagrecer! Meu grande aliado Encontrei na internet uma dieta de 1.200 calorias que priorizava alimentos integrais. Apesar da quantidade restritiva, o cardápio tinha alimentos gostosos. Além disso, incluí um suco no lanche da tarde que virou o grande trunfo do meu regime. Feito com alimentos ricos em propriedades antioxidantes, esse suco me ajudou a emagrecer e ainda tratou minha pele e meus cabelos. Em paralelo, comecei a fazer exercícios físicos: musculação, esteira e bicicleta três vezes por semana. Nos primeiros meses, sequei 2 kg por semana. Em um ano, eliminei 31 kg no total! Minha mudança foi notada por todos! E o melhor é que consegui renovar meu armário com peças da moda, adequadas à minha idade. Para completar minha transformação, fiz duas cirurgias plásticas para retirar o excesso de pele: um lifting no braço e uma miniabdominoplastia na barriga.

Posté par emagrecer à 22:20 - Commentaires [0] - Permalien [#]

Dietas

No inverno, a gente dá um truque e esconde o que não quer mostrar sob as roupas. Mas, no verão, com a chegada dos shorts, dos vestidos e dos biquínis, não tem escapatória: a celulite parece reinar soberana na guerra contra o corpo perfeito. Não precisa ser assim. Investir nos alimentos certos é uma arma poderosa (e em conta, vale ressaltar) que pouca mulher coloca em prática. Como a celulite é uma doença inflamatória, a dieta antioxidante trata o problema de dentro para fora. De quebra, você consegue eliminar até 3 quilos em 15 dias. Coloque a nossa estratégia em prática e encha a boca para falar: eu não tenho celulite! Dieta amiga da pele lisa Os alimentos anti-inflamatórios são os inimigos da celulite. Por isso, são as estrelas deste cardápio de 1200 calorias, que desintoxica, desincha e elimina até 3 quilos em 15 dias A herança genética e o sedentarismo certamente têm culpa no cartório. No entanto, maus hábitos alimentares e calorias em excesso também contribuem para formar depósitos de gordura, que ficam aprisionados nos tecidos e prejudicam a irrigação da pele. "A celulite é uma inflamação crônica, que dificulta a renovação das células e favorece não só os furinhos mas também o excesso de peso, a flacidez e o envelhecimento precoce", explica a nutricionista funcional Natália Colombo, da NCnutre, em São Paulo. A dieta anti-inflamatória, formulada por ela para BOA FORMA, é capaz de enxugar gordura e beneficiar também quem só quer melhorar o aspecto da pele. Isso porque destaca alimentos que ajudam a eliminar as toxinas e auxiliam a circulação.

Posté par emagrecer à 22:19 - Commentaires [0] - Permalien [#]

Emagrecendo

Uso de remédio emagrecedor "alternativo" cresce após veto da Anvisa. Uso de remédio emagrecedor "alternativo" cresce após veto da Anvisa Após o veto à venda de inibidores de apetite do grupo das anfetaminas e derivados (femproporex, mazindol e anfepramona), a partir de dezembro de 2011, médicos e pacientes podem ter migrado para alternativas "off-label" --remédios usados para fins diferentes daquele para o qual foram aprovados. É o que indica um levantamento do Sindusfarma (Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos do Estado de São Paulo), com dados da consultoria IMS Health, que mediu a venda de três drogas usadas como alternativa para perda de peso. O Victoza (para o tratamento da diabetes tipo 2) teve o maior percentual de aumento entre os três. Saltou de 7.800 caixas vendidas em agosto de 2011 para 35,3 mil em setembro -mês em que, em meio às promessas da Anvisa de retirar os inibidores do mercado, a revista "Veja" abordou o emprego do Victoza para a redução do peso. Em dezembro, quando os inibidores saíram de vez do mercado, 58,5 mil caixas de Victoza foram vendidas. Nos meses anteriores à vigência da proibição, o crescimento foi de 20%; de novembro de 2011 a agosto desse ano, subiram 26,8%. Como comparação, diz o Sindusfarma, o mercado cresceu cerca de 9% em número de unidades de janeiro a setembro de 2012.

Posté par emagrecer à 22:18 - Commentaires [0] - Permalien [#]